sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Corpo de jovem que morreu após reagir a assalto é sepultado em Goiana

Sepultamento do corpo do jovem Edvaldo
Foto: Rafael Furtado

Folha de Pernambuco

Sob forte comoção, o corpo do jovem que morreu após reagir a um assalto foi sepultado, no final da manhã desta sexta-feira (11), no Cemitério de Goiana, na Mata Norte de Pernambuco. Cerca de 400 pessoas participaram do cortejo. Edvaldo José Neto, de 21 anos, foi baleado na cabeça, na tarde da última quinta (10), enquanto dirigia um Jeep Renegade. 

O velório aconteceu na Funerária São Luiz, na rua Nova, e percorreu as ruas da cidade. O cortejo foi aplaudido pelos familiares e amigos do rapaz. Uma multidão acompanhou a caminhada até o cemitério e três batedores da Polícia Militar conduziram o ato, com o apoio da Guarda Municipal. 

O jovem foi abordado por quatro homens, que estavam em outro veículo, quando parava em um semáforo na avenida Marechal Deodoro da Fonseca, no centro da cidade. Ele reagiu e tentou fugir da investida criminosa, mas acabou sendo baleado. Netinho, como era conhecido, morreu na hora.

Prisões
Thiago Gomes da Silva, de 25 anos, foi preso horas após o crime. Thiago foi atuado por latrocínio, que é o roubo seguido de morte. De acordo com a polícia, ele já tinha sido preso, em maio de 2012, por roubo. Em janeiro de 2014, entrou no regime semiaberto e, em maio daquele ano, fugiu da Penitenciária Agroindustrial São João (PAISJ), em Itamaracá, no Litoral Norte. 

Em agosto de 2014, foi preso novamente por porte ilegal de arma e estava em liberdade condicional desde o dia 17 de março deste ano. Um adolescente de 17 anos foi apreendido na manhã desta sexta. Outras duas pessoas ainda não foram localizadas pela polícia.

Nenhum comentário :

Postar um comentário